Responsivo × Versão Mobile

Aparência da Loja

VTEX Team

VTEX Team

Última atualização

Responsivo

Seja do computador, smartphone, tablet ou notebook, o design é o mesmo. O que altera é como o design é apresentado. O layout inteiro é ajustado automaticamente de acordo com a resolução do dispositivo.

Versão Mobile

O design da versão mobile e toda a sua programação é feito pensando apenas no mobile, sendo uma segunda aplicação, ou seja, uma para navegadores comuns e outra para navegadores mobile. Ao acessar a loja, identifica-se o dispositivo e redireciona a programação específica.

Principais resoluções de tela utilizadas atualmente (pode-se haver variações conforme o dispositivo

  • 320 x 480
  • 480 x 320
  • 768 x 1024
  • 1024 x 768
  • 1680 x 1050

Alguns pontos fortes do RESPONSIVO devem ser considerados:

  • Melhor indexação de SEO (apesar do site dedicado não ficar muito atrás).
  • Fácil atualização e manutenção operacional.
  • Favorece o carregamento e melhora a conversão de códigos de redirecionamento externos e internos.
  • Mesmo look & feel favorece a identidade visual e branding.
  • URLs únicas permitem trabalhar facilmente em campanhas.

Características tanto no RESPONSIVO quanto na VERSÃO MOBILE:

  • Não existe mouse over.
  • Scripts pesam. Diminuir a quantidade ajuda no desempenho do site.
  • Imagens grandes pesam no carregamento, e não são abertas (zoom) frequentemente.
  • Posts resumidos e chamadas diretas tem melhor aderência.
  • Visão 100% vertical.
  • Elementos visuais (imagens exceto a foto do produto) devem ser simplórios.
  • Diferenciação de tamanho e cor é muito mais acentuada do que na loja tradicional.
  • Tempo médio de navegação é muito mais baixo, ou seja, precisa ser objetivo, principalmente na busca dos produtos.
  • Visibilidade da vitrine é muito menor, logo, boa categorização faz toda diferença.

Principais elementos visuais reconhecidos nos dispositivos móveis:

A qualidade é indiferente ao tamanho!

Como todo design, não existem pontos totalmente corretos, tão pouco totalmente errôneos. A fórmula secreta é incorporar a maior amostra de clientes finais e compreender a principais barganhas comerciais que temos, aliadas as boas práticas de usabilidade.