Como funciona o frete do Mercado Livre quando o Mercado Envios é usado

Augusto Garrucho

Augusto Garrucho

Última atualização

Pedidos realizados via Mercado Livre que têm frete tipo Mercado Envios (ME2), em que a definição de tipo de entrega, sua cobrança e emissão da etiqueta são todas realizadas pelo Mercado Livre, não determinam uma transportadora ao integrar na VTEX.

Esse fluxo evita validações desnecessárias do pedido, simplifica a configuração da integração e evita a falta de integração por bloqueio nestes detalhes. No entanto, pode trazer algumas dúvidas e até mesmo necessidade de adequação da integração com o ERP para os pedidos do Mercado Livre.

Estoque

A regra pela escolha do estoque que irá servir o SKU será feita sempre da seguinte maneira:

  1. Maior quantidade disponível do SKU;
  2. Menor tempo de rota entre estoque e doca;
  3. Menor preço de rota entre estoque e doca.

Caso exista mais de um estoque disponível seguindo estes critérios e prioridades, a escolha final será aleatória.

Caso o pedido tenha várias unidades de um SKU, é necessário que algum dos estoques tenha a quantidade total, ou então o pedido será barrado no Bridge, que acusará falta de estoque.

OMS

Como a entrega será feita pelo Mercado Livre, o OMS não trará a informação de prazo nem valor do frete, já que isso ficou acordado entre o Mercado Livre e o comprador do produto, não trazendo ônus à loja.

No lugar das identificações de transportadora e tipo de entrega é apresentada a informação vtex:fob_1111, sendo que 1111 será correspondente ao ID do estoque em que o SKU foi reservado.

API

Assim como na interface do OMS, a API traz a informação vtex:fob_1111 para os campos selectedSla, deliveryCompany e courierName. O tempo para shippingEstimate será 0bd.

É importante que o ERP esteja adequado à recepção dos dados neste formato.

Etiqueta

Com o Mercado Envios, o produto é enviado em um contrato com os Correios do próprio Mercado Livre. Neste cenário, eles emitem a etiqueta para que a loja faça impressão e use a em seus pacotes, sem a necessidade de outros processos com os Correios, bastando apenas o despacho.

É possível acessar a etiqueta diretamente pelo OMS, abaixo dos itens do pedido. Basta clicar no link e uma nova janela será aberta já com o PDF da etiqueta.

Caso queria aproveitar a etiqueta dentro do ERP, ela também está disponível na API do pedido, sendo encontrada no atributo trackingHints, dentro do atributo shippingData.